Início » Veja os famosos que querem ser vereadores, Thammy Miranda, Dedé Santana e Mionzinho estão entre eles
Notícias

Veja os famosos que querem ser vereadores, Thammy Miranda, Dedé Santana e Mionzinho estão entre eles

Foto: RD1

Dentre muitos famosos que já entraram na carreira política neste artigo vamos ver três famosos que mostraram a pré-disposição para sair como candidato à vereador de suas cidades. Entre essas pessoas está Thammy Miranda protagonista de muitas polêmicas em toda a internet, dessa vez irá dividir as opiniões e os votos das pessoas.

Outro artista que já gerou muitas polêmicas em toda internet é Dedé Santana após soltar na internet que Didi teria passado ele para trás, e estar vivendo hoje em meio a dificuldades financeiras. Sua nova aposta será na política ele que já está filiado a um partido pretende se candidatar nesta próxima eleição de 2020.

Dentre tantos outros nomes está o nome de Mionzinho, que ficou famoso imitando Marcos Mion no seu programa de auditório agora quer deixar sua marca e fazer sua história. Dentre esses artistas temos muitos outros nomes de celebridades ao redor do Brasil que irão sair como vereadores e provavelmente com as suas popularidades devem ganhar.

Muitos nomes já são filiados a outros partidos como Marcelinho Carioca, Celinho do Fat Family, Bruna Surfistinha e muitos outros nomes. Caso seja simpatizante de algum deles pesquise para saber em quais cidades eles irão se candidatar.

Deixe sua opinião abaixo sobre o que você acha dessa escolha de tantos artistas para essa nova carreira, caso concordem ou não nos diga o real motivo da sua escolha. E nos conte o que você realmente pensa sobre a carreira política no Brasil hoje em dia, um assunto bem polêmico também mediante a tanta corrupção que vemos em todos os lugares.

Se lembrar de algum artista que se tornou um bom político e quiser compartilhar conosco deixe também nos comentários abaixo e juntos vamos refrescando nossas memórias. E caso também tenha algum exemplo negativo que esteja na sua memória pode deixar também nos comentários que iremos debater sobre o caso.

Fonte: RD1