Início » Uso excessivo e diário de aspirina pode causar câncer segundo estudos
Saúde e bem estar

Uso excessivo e diário de aspirina pode causar câncer segundo estudos

Foto: UOL

Muito tem se falado e estudado sobre o uso das aspirinas e seus efeitos no organismo das pessoas, ela pode ser usada para proteger idosos de demência, câncer e declínio cognitivo. Porém um novo estudo que foi realizado no dia 11 de Agosto aponta que idosos que ingerem uma certa dose mesmo que baixa de aspirina todos os dias podem desenvolver câncer, como efeito também pode acelerar a doença e causar a  morte por conta dela.

Os testes foram realizados em quase 20 mil pessoas entre australianos e americanos, com a idade maior que 65 anos, que não possuíam doenças cardiovasculares, demência ou deficiência física eles foram acompanhados por quase cinco anos de estudo. Alguns deles ingeriram placebo e outros aspirina, em uma dosagem de 100 mg.

O resultado mostrou que 981 casos que ingeriram aspirinas desenvolveram câncer e 952 que ingeriram placebo desenvolveram a doença, apesar da diferença parecer bem pequena a aspirina acabou sendo relacionada à um maior risco de câncer e também morte pela doença. Portanto segundo esse estudo é necessário tomar muito cuidado com o uso excessivo do remédio, nunca ingerir diariamente.

Infelizmente em muitas situações cotidianas acabamos pegando o mal hábito de auto nos medicar, e isso ao longo dos anos podem trazer sérios problemas à nossa saúde. Por isso é importante sempre procurar um médico para saber de fato qual o remédio ideal a ser ingerido, e nunca se auto medicar.

Com a correria do dia a dia é claro que não vamos no médico todo dia que tivermos com dor de cabeça ou com alguma dorzinha em uma parte do corpo, porém é importante observar caso isso se torne constante. Se tiver com constantes dores de cabeça ou no corpo aí sim é necessário procurar um médico especialista para tratar o motivo dessas dores e não somente tomar um medicamento que tirará a dor momentânea.

Fonte: UOL