Início » Urgente! Presidente Bolsonaro será submetido a nova cirurgia; apoiadores estão preocupados
Notícias

Urgente! Presidente Bolsonaro será submetido a nova cirurgia; apoiadores estão preocupados

Bolsonaro
Fonte: ISTOÉ

Nessa segunda-feira (31/08), o presidente Jair messias Bolsonaro compareceu, ás 18h, no departamento medico do palácio do planalto e foi submetido a uma ultrassonografia. Após o exame ele foi diagnosticado com cálculo renal.

A CNN, o presidente concedeu esclarecimentos a sua real condição de saúde e afirmou que o cálculo renal esta um pouco maior que um grão de feijão e que fará uma cirurgia para retira-lo em setembro.

O presidente Bolsonaro contou que sentiu um incômodo e então decidiu fazer o exame. “Senti um incômodo e fui fazer o exame, mas estou bem. Isso é coisa da idade”.

No dia 6 de junho, o presidente estava com febre de 38 graus, e com pouca oxigenação. No dia seguinte o presidente divulgou que estava com coronavírus. O presidente também afirmou na época que tinha começado um tratamento com Hidrocloroquina e azitromicina.

O presidente ficou isolado no Palácio da Alvorada por 19 dias. Após passar os dias ele refez o exame mais duas vezes e testou negativo.

A informação divulgada que o presidente Bolsonaro terá que fazer uma nova cirurgia pegou todos de surpresa, e deixou os apoiadores do seu governo preocupados com o estado de saúde do presidente.

Sabe-se que o presidente Jair Messias Bolsonaro, passou por uma cirurgia de urgência que quase o custou a vida, quando foi esfaqueado no momento em que estava com apoiadores em uma caminhada em favor do presidente.

Jair ficou vários dias internados, e os seus apoiadores ficaram torcendo para que ele se recuperasse logo, e assim pudesse disputar a eleição para presidente.

O homem que esfaqueou o presidente foi preso na época e essa facada tomada serviu como um impulso para que ele chegasse a presidência e hoje estivesse a frente do governo do Brasil.

A aceitação do presidente por parte da população vem crescendo cada vez mais, segundo as pesquisas atuais demostram.

Fonte: CNN Brasil