Início » Trabalhadores ficam desesperados e chamam a policia durante reforma em uma casa de $41,2 milhões
Notícias

Trabalhadores ficam desesperados e chamam a policia durante reforma em uma casa de $41,2 milhões

Foto: CNN

Operários de uma construtora estavam trabalhando em mais uma reforma de uma casa, quando se depararam com algo assustador e decidiram chamar a policia no local.

O caso aconteceu na França, durante uma reforma de uma casa no valor de $41,2 milhões.

As autoridades Francesas abriram uma investigação sobre assassinato logo após um cadáver ser encontrado em um porão de uma mansão, no momento em que operários de uma construtora faziam uma reforma na residência.

A propriedade fica localizada na Rua Oudinot, no 7° distrito central de Paris, e vem acompanhada por um pátio interno e até jardins privativos.

Sabine Lebreton, vice-presidente da Association Pour La Sauvegarde du Site de la Rue Oudinot, que se dedica a preservação de casas antigas na região, falou um pouco sobre a mansão e disse que: “Historicamente, é um edifício importante. Muitas pessoas viveram lá, incluindo o poeta François Coppée. Na parte de trás tem um enorme jardim, dá para imaginar as recepções e eventos sociais feitos ali…É de outro século.”

A mansão foi abandonada em meados do século 18, e em janeiro desse ano o luxuoso edifício foi vendido por 35,1 milhões de euros (cerca de US$41,2 milhões).

O dono do imóvel contratou uma construtora e começou a fazer alguns reparos e reformas. Poucos dias depois do inicio das reformas começou a surgir relatos da mídia francesa dizendo que, um corpo havia sido encontrado no porão da mansão onde funciona uma adega, no momento em que trabalhadores iriam fazer reparos no cômodo.

O advogado encarregado do leilão da casa disse a CNN que: “Eles o encontraram em um lugar que não havia sido visitado pelo oficial de justiça que fez o relatório, nem por qualquer outra pessoa. Ninguém havia visitado a adega. Recebi um e-mail de um policial, enviei-o ao meu escritório, onde revelei tudo o que sei. Eles encontraram um homem morto. Aparentemente, ele estava lá há 30 anos. Não terá muito impacto no resto do caso. Dado o prazo… acho que o proprietário esta preste a retomar a reforma”.

Fonte: CNN