Início » Superação! Chegou ao fundo do poço e hoje esta irreconhecível: “Eu amava atuar”
Notícias

Superação! Chegou ao fundo do poço e hoje esta irreconhecível: “Eu amava atuar”

Exemplo de superação
Exemplo de superação // Foto: mobatualizei.com

O mundo das drogas muitas das vezes é um caminho sem volta que acaba levando a dependência e depois a morte, as drogas acabam com as vidas da pessoas.

Milhões de pessoas no mundo todo tem as suas vidas destruídas, muitas das vezes perdem o trabalho, a família, os amigos e até mesmo a dignidade.

O vício começa em uma brincadeira em experimentar a droga, achando que pode ficar só naquele dia e no outro acabam usando de novo e de novo.

As pessoas começam a usar com frequência para poder fugir de uma realidade ruim que acabam passando por um momento e depois começam a ser frequente o uso das drogas.

O uso constante leva ao vício por que tudo vira um motivo para usar, quando acorda, usam por que acordaram, ficam triste e usam por que estão tristes, ficam felizes e usam por que estão felizes.

Amber Nicole, atriz, 24 anos, decidiu usar suas redes sociais para contar um pouco da sua história e por tudo que passou, sendo aprisionada pelas drogas.

A jovem garota, se envolveu mais que deveria no mundo das drogas, morou nas ruas por muito tempo, se drogava com frequência, uma mulher vivendo nas ruas é algo muito cruel.

Vivendo nas ruas, Amber contraiu várias doenças e acabou tendo uma bronquite que se transformou em uma embolia pulmonar, teve que ficar internada e a dependência das drogas era grande.

A mãe de Amber fazia de rudo para ter um relacionamento com a filha e sempre estava disposta para ajudar e a menininha da mamãe estava prestes a morrer quando foi internada rapidamente.

Amber por alguma alguma mágoa abandonou tudo, abandonou a família, o trabalho, o prazer em atuar, o prazer de viver para se entregar as drogas.

Vendo a vida passar pelos seus olhos, Amber decidiu voltar o que era, uma menina dedicada, feliz, uma pessoa que se importava com as outras pessoas.

No começo foi difícil segurar a vontade de usar drogas e hoje perto da família, ela sabe que pode ter ajuda das pessoas que amam e que querem ver ela bem.

c