Início » Polícia relata crime bárbaro contra grávida em Canelinha “Detalhes são chocantes”
Notícias

Polícia relata crime bárbaro contra grávida em Canelinha “Detalhes são chocantes”

Crime Bárbaro em Canelinha
Crime Bárbaro em Canelinha

O crime bárbaro que chocou todo o Brasil, repercutiu pelas redes sociais e acabou sendo tópico dos principais assuntos nos sites de notícias.

Flávia Godin Mafra, de Canelinha, estava desaparecida, grávida de 36 semanas, deixou todos os seus familiares preocupados por que a jovem desapareceu de uma forma muito misteriosa.

A gestante teria saído com uma amiga para ir a um chá de bebê e a última vez que foi vista foi entrando em um carro da Volkswagen da marca Fox.

Flávia foi encontrada morta e seu bebê foi retirado da barriga da mãe e segundo informações, a criança passa bem e está no hospital Joana Gusmão em Florianópolis.

A polícia informou que foi acionada na tarde de quinta-feira (27), que uma mulher teria dado entrada no hospital informando o rompimento da bolsa e que uma pessoa teria ajudado a gestante no parto.

O médico do hospital informou que aparentemente, a gestante estava intacta, sendo que o bebê apresentava cortes de uma forma jamais vista e que isso chamou a sua atenção pela situação depois do parto.

Depois do parto, a mãe desapareceu e o suposto pai ficou como responsável do recém nascido que foi transferido para outro hospital em Florianópolis.

Segundo a polícia, depois q foi informada sobre a entrada da gestante no hospital, receberam uma denúncia sobre um corpo de uma mulher que se encontrava em uma Olaria no bairro Galera.

A polícia informou que o “pai” da criança foi preso depois que tentou tirar a recém nascida do hospital de uma forma um pouco suspeita.

A amiga da Flávia que foi a responsável por organizar um chá de bebê também foi presa e a polícia já esta investigando todo o caso da gestante que foi vítima de um crime cruel.