Início » Pesquisa “exclusiva” aponta que Bolsonaro é o favorito da corrida eleitoral em 2022
Política

Pesquisa “exclusiva” aponta que Bolsonaro é o favorito da corrida eleitoral em 2022

O atual presidente Jair Bolsonaro passou por uma tempestade política, nestes últimos três meses, a crise foi iniciada pela COVID-19, pandemia que o atual presidente deixou claro não ser de grande importância.No entanto, somaram-se algumas demissões como a de dois ministros da saúde e do ministro Sérgio Moro e também a abertura de um inquérito para a investigação da interferência da política na Policia Federal. Ademas, mesmo com sérias dificuldades que poderiam atrapalhar a popularidade de alguns políticos, Bolsonaro segue de cabeça erguida e mostra mais uma vez ser um “mito” politico, e as pesquisas mostram que se as eleições presidenciais fossem hoje ele estaria reeleito.

foto: UOL.com

Na corrida eleitoral para presidência em 2022, Jair Messias Bolsonaro ( sem partido) lidera todos os cenários para o primeiro turno,segundo pesquisas feitas pelo instituto Paraná Pesquisas, Bolsonaro lidera 30% da preferência. A pesquisa realizada é estimulada pelos eleitores com os nomes dos candidatos dado a eles.

 Veja o levantamento a baixo

 

foto: R7.com

Com análise nos percentuais Bolsonaro tem preferência dos eleitores com 29% no cenário da disputa; Sergio Moro ex-juiz e ex-ministro da justiça tem equivalente a 17,1% nas preferências; já Fernando Hadad do PT tem 13,1% dos possíveis votos; em quarto lugar temos Ciro Gomes do partido PDT, ele tem preferência de 9,9%; o apresentador da rede Globo Luciano Huck tem preferência de 6,5% deixando o apresentador em quinto lugar;  a sexta colocação está sendo ocupada pelo governador de São Paulo João Doria do partido PSDB com apenas 4% das preferências; João Amoêdo tem 3,4%; o governador do Rio de Janeiro Guilherme Boulos do PSOL tem 1,0% das preferência;  Wilson Witzel  tem apenas 0,7% das intenções de voto. Já 10% das pessoas não escolheram nenhum e 4,9% ainda não sabem.

No entanto,já quando a pesquisa é feito e é trocado o nome de Fernando Hadad pelo o ex-presidente Luiz Inácio o atual presidente Jair Bolsonaro cai um pouco para 27,5% dos possíveis votos, contra 21,9% de Lula.

Fonte: Veja