Início » Pastor defende Xuxa e é criticado no meio gospel.
TV e Famosos

Pastor defende Xuxa e é criticado no meio gospel.

Foto: UOL

O pastor Hermes Carvalho Fernandes, da igreja Reina, diz que Xuxa Meneghel tem seu total apoio para o lançamento de seu livro.

Xuxa Meneghel anuncia que irá lançar um livro destinado ao público infantil com a temática LGBTQI+ e gera polêmica, no entanto, a rainha dos baixinhos foi defendida por um pastor evangélico. A apresentadora está sendo alvos de diversos comentários maldosos na Web, mas o pastor mostrou compactuar com o pensamento da rainha dos baixinhos.

O pastor Hermes Carvalho Fernandes, é líder da igreja evangélica Reina e tem adotado uma postura contrária das demais. Há duas semanas atrás ele usou suas redes sociais para sair em defesa do youtuber Felipe Neto e agora com a Rainha dos Baixinhos, Xuxa Meneghel.

O líder da igreja Reina, disse não compactuar com os julgamentos feitos a apresentadora Xuxa Meneghel.

“O diabo perdeu o emprego! Sim, ele que antes nos acusava dia e noite diante de Deus, já não o faz mais. E sabe porque? Porque todos os nossos pecados foram perdoados por Aquele que nos ama incondicionalmente”, começou, num longo texto que escreveu em seu Instagram.

“Infelizmente, alguns cristãos parecem disputar a vaga deixada pelo coisa-ruim e saem por aí acusando a Deus e o mundo. Adoram vasculhar o passado das pessoas atrás de algo para apontar. Uma das vítimas desta sanha cristã é a Xuxa” ressaltou o pastor Hermes Carvalho Fernandes em defesa de Xuxa.

Felipe Neto

O pastor também saiu em defesa do youtuber Felipe Neto, Hermes Carvalho Fernandes é um dos mais ativos defensores do progressismo entre os evangélicos, ele se opõe a diversos líderes religiosos. O pastor da igreja Reina dirigiu-se ao youtuber como “voz profética”.

“Bastou que ele [Felipe Neto] usasse suas redes sociais para criticar o atual governo brasileiro, e que aparecesse no The New York Times referindo-se a Bolsonaro como ‘o pior presidente do mundo’ no trato da pandemia da COVID-19, para que o gabinete do ódio apontasse sua metralhadora de fake news em sua direção. Felipe Neto tem tido o seu nome associado à pedofilia, fato que já foi amplamente desmentido. A mesma metralhadora tem sido apontada na direção de artistas como a Xuxa Meneghel, Chico Buarque, Caetano Veloso, e tantos outros, e até de políticos que abandonaram o barco bolsonarista depois de se desiludirem” ressaltou o pastor Hermes Carvalho.

 

Fonte: Fuxico Gospel