Início » Multa paga por Ronaldinho Gaúcho no Paraguai ajudará em tratamento de uma criança
Notícias

Multa paga por Ronaldinho Gaúcho no Paraguai ajudará em tratamento de uma criança

A multa que o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis pagaram no Paraguai, será usada para pagar o tratamento de uma criança.

US$ 200 mil (cerca de R$ 1,1 milhão) foi o total da multa que o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão Assis, precisaram pagar para deixar o Paraguai após passarem cinco meses presos.

Uma boa parte desse valor, cerca de US$ 30 mil (equivale a R$ 167 mil), será usado na campanha #todossomosBianca, uma ação que foi iniciada para ajudar Bianca Patino Maiz.

Bianca tem 1 ano e sete meses, a criança é portadora de uma doença conhecida como AME (atrofia muscular espinhal), essa condição neurodegenerativa é grave e rara, e afeta a capacidade de se locomover, se alimentar e respirar. Bianca tem o tipo 1 da doença, que infelizmente pode leva-la a morte.

A farmacêutica Novartis lançou no ano passado o Zolgensma, droga que promete curar a AME em crianças com idade de até 2 anos com uma única dose. O problema dessa formula é o preço alto do medicamento.

O Zolgensma custa US$ 2,1 milhões, o que equivale a R$ 11,7 milhões, o que fez com que esse remédio seja considerado o mais caro de todo o mundo.

José Patino e Taina Maiz, pais de Bianca, começaram em dezembro de 2019, uma campanha que conta com o apoio de celebridades, influenciadores digitais e pessoas comuns que se uniram para arrecadar o valor do tratamento. Os pais da criança correm contra o tempo, pois o remédio só faz efeito em crianças até 2 anos, idade que Bianca fará em dezembro.

Em março Ronaldinho Gaúcho foi a Assunção para participar de ações de publicidade, os pais de Bianca viram uma oportunidade de conseguir mais visibilidade à causa da filha.

“Nunca tivemos a intensão de pedir dinheiro ao Ronaldinho, o que queríamos era que ele promovesse em seu Instagram uma plataforma de doação internacional de que a Bianca faz parte. Fizemos chegar a ele a historia da Bianca por meio de pessoas que foram visita-los”.

A artista plástica Lili Cantero, entregou chuteiras de presente  a Ronaldinho no hotel onde cumpria prisão preventiva.  Segunda a família de Bianca, foi o próprio Ronaldinho quem sugeriu que uma parte da multa fosse encaminhada ao tratamento. O ministério publico e a justiça concordaram com a sugestão do Ronaldinho Gaúcho, a outra parte será transferida a um hospital e usada no combate a pandemia.

Após a proposta feita pelo Ronaldinho a justiça do Paraguai, muitas pessoa conheceram a luta da Bianca e os pais da menina disseram que faram de tudo para que, o resto do dinheiro seja arrecadado.

Fonte: Uol