Início » Menina de 5 anos acaba perdendo a vida após ser abusada e revolta a todos até hoje
Notícias

Menina de 5 anos acaba perdendo a vida após ser abusada e revolta a todos até hoje

Foto: Montagem/Reprodução

Em um vilarejo muito simples e humilde de extrema pobreza vimos um caso que revoltou todo o Brasil, Roseane Azevedo de apenas 20 anos e mãe da garotinha que acabou falecendo por desnutrição e ser abusada conta tudo que aconteceu em uma entrevista à TV local. A mãe da vítima conta que a menina começou a sentir dores na barriga e febre e decidiu levá-la ao Hospital na cidade de Pinheiro.

Ao questionar a menina o que ela estava sentindo a mãe conta que ela só falava que estava com dores no bucho e na cabeça. Sem condições nem para levar a menina no médico por falta de recursos para a passagem a mulher deu um jeito para poder conseguir levá-la até o hospital.

Quando foi examinada pelos médicos todos tiveram uma grande surpresa a menina de apenas cinco anos de idade além de estar com sérios problemas de desnutrição ela também havia sido abusada sexualmente. Infelizmente a menina acabou falecendo no mesmo dia, o diagnóstico médico relatou que a causa da morte foi uma infecção generalizada.

Conforme foi constatado pelos médicos a menina sofreu mais de um abuso pelos exames realizados, na mesma entrevista uma Conselheira Tutelar do vilarejo falou sobre o caso e explicou que a negligência da família pela demora de procurar ajuda acabou acarretando nesses diversos fatores que acabou causando a morte da menina. Em meio a tantos casos de abuso essa é mais uma triste história que aconteceu no nosso país.

Deixe nos comentários abaixo sua indignação com mais esse triste caso que acabou acontecendo com essa garotinha de apenas 5 anos de idade, e nos conte caso tenha vivido algo assim ou se conhece uma história tão triste como esta. Caso tenha percebido algo assim perto de você tente conversar com a criança e fique de olho a atenção dos adultos é muito importante nesse momento para que seja evitado situações como esta.

Fonte: Facebook