Início » Pesquisas apontam que a maconha pode ser eficaz para o tratamento da Covid-19
Notícias

Pesquisas apontam que a maconha pode ser eficaz para o tratamento da Covid-19

Algumas propriedades anti-inflamatórias da maconha estão sendo testadas para combater alguns dos sintomas sérios causados pelo Codiv-19.
Alguns cientistas israelenses do centro de pesquisas de cannabis medicinal do hospital de Rambam localizado em Haifa, estão preparando para daqui cerca de três meses os testes clínicos para a prevenção e até mesmo o tratamento da doença nos pacientes vitimas de covid-19 atendidos no hospital.

Segundo relato do direto cientifico e líder da operação de pesquisa, Igal Louria-Hayon, o foco dos experimentos sera testar o efeito de varias substancias químicas e naturais presente na maconha através das células contaminadas por pessoas com o coronavírus.

Eles começaram a entender que os elementos encontrados na maconha tomam como parte na comunicação das células como sistema imunológico humano. Ele também declarou aos sites de noticias israelenses, que para os estudos serem realizados, estão sendo feito as coletas de dezenas de pacientes infectados e que estão internados no hospital Rambam.

Na visão dos pesquisadores, as propriedades anti-inflamatórias encontradas na maconha já são usadas como tratamentos de outras doenças autoimunes e outras doenças, e será também capaz de agir nos casos mais graves da doença causadas pelo coronavírus.

Estudos indicam que quando o sistemas autoimune do corpo humano reconhece um invasor, um grande numero de células branca são ativadas e liberam moléculas inflamatórias que comunicam-se entre elas chamada citocinas.

É essa tempestade de citocinas que pode resultar numa inflamação fora de controle, capaz de se tornar mortal”, explica Louria-Hayon.

Com base em nossos dados experimentais, nós consideramos que a planta Cannabis deverá interagir contra essas moléculas durante a doença causada pelo Covid-19.

Varias substancias estão sendo testadas dias após dias para tentar buscar uma possível cura para esse terrível doença que está matando muitas pessoas ao redor do mundo. Vacinas já estão em um processo bastante avançado, mas ainda não existe nada cientificamente comprovado ou seguro no combate a Covid-19.