Início » Homem atira em duas pessoas por entender que eles não estavam cumprindo o distanciamento social
Notícias

Homem atira em duas pessoas por entender que eles não estavam cumprindo o distanciamento social

Foto: Folha PE

Um homem perdeu a cabeça e efetuou vários disparos contra duas pessoas por não respeitarem o distanciamento social. o homem chegou a gritar que eles teriam de respeitar o distanciamento, mas como eles o ignoraram ele disse “Deixe-me cuidar deles dois”.

O inconsequente caso aconteceu em um hotel famoso entre turistas, que fica localizado em Miami Beach, na florida.

Douglas Marks de 29 anos estava em um hotel e avistou uma mulher que estava acompanhada do filho e não respeitavam o distanciamento social. Douglas então pediu que eles respeitassem o distanciamento, mas foi ignorado pelos dois, e isso o deixou transtornado e cheio de ira, ele não aceitava de maneira alguma que eles andassem juntos ou que passassem perto das pessoas.

Segundo informações de pessoas que estavam no local, Douglas Marks atirou nos dois, simplesmente porque ele acreditava que os dois não estavam respeitando o distanciamento social e que estavam lançando o vírus em todas as pessoas do Hotel.

Os disparos foram efetuados contra Verônica Peña e o filho dela, que não teve o nome revelado. Segundo o boletim policial da ocorrência, a mulher e o filho, ao terem a certeza que não estavam fazendo nada de errado, resolveram ignorar o homem que estava gritando com eles e se sentaram em uma sofá de costas para o homem, que mesmo assim não parava de ameaça-los e dizer que eles estavam errados.

Felizmente os disparos não acertaram Verônica e o filho, e os dois passam bem.

Segundo informações de testemunhas que estavam no local, em certo momento apos perceber que estava sendo ignorado, Douglas se levantou e disse: “Deixe-me cuidar deles, há pessoas aqui que não estão respeitando o distanciamento social”, e logo depois de gritar essas palavras ele disparou varias vezes contra Verônica e seu filho.

Quando os policias chegaram ao local prenderam Douglas, que mesmo depois de ter atirado contra duas pessoas continuava no local, com a certeza de que ele teria feito o certo.

Douglas admitiu que realmente fez os disparos e que aquilo seria um aviso, para que eles repeitassem o distanciamento social e ajudassem a evitar o avanço do vírus.

Fonte: Jornal Estado de Minas