Início » Gretchen recebe críticas por realizar sua festa de casamento em meio a pandemia.
TV e Famosos

Gretchen recebe críticas por realizar sua festa de casamento em meio a pandemia.

Foto: Metrópoles

A cantora Gretchen irá oficializar sua união com Esdras de Souza, no dia 30 de setembro, apesar dela deixar bem claro que estará respeitando todas as normas da OMS e decretos do governo, ela ainda foi alvo de críticas de vários internautas.

Ao divulgar que irá oficializar a sua união com Edras de Souza,no dia 30 de setembro, em Belém-Pará, a cantora Gretchen recebeu algumas críticas, ela usou suas redes sociais para rebater.

“Tem várias pessoas me cobrando pois vou realizar uma festa para 100 pessoas. Em primeiro lugar, estamos em um  estado em que a pandemia já está estabilizada. E em segundo lugar, o evento será feito para 100 pessoas em um local que cabe mais de 200, isso pode, né?  Vai ser ao ar livre, todo mundo vai estar com suas máscaras, e obedecendo o  distanciamento social, tudo isso também pode. E é lógico, tenho 61 anos e não sou nenhuma maluca, nem uma pessoa que não tem censo que não sabe que eu também sou do grupo de risco” declarou a cantora.

Segudo Gretchen o seu casamento será em um lugar que cabe mais de 200 pessoas e seus convidados são apenas 100, apenas os mais próximos. Ela também deixa claro que tudo será de acordo com as normas do OMS e dos decretos do governo do estado do Pará.

“O meu casamento está totalmente liberado pelo decreto do governo do Pará, que permite festas para até 150 pessoas,atendendo todos as recomendações que são o distanciamento social,  uso de máscara e álcool em gel e tudo isso vai ter no meu casamento.” declarou ela.

Gretchen ainda aproveitou para mandar um recadinho para todas as pessoas que disseram estar decepcionadas com ela. A cantora lembrou a todos os profissionais que trabalha nesta área e devido a pandemia pararam seus serviços.

“A gente tem que viver, mesmo estando em meio à esta pandemia, respeitando todos os limites, as normas da OMS e os decretos do governo. A gente também tem dar oportunidades para as pessoas que vivem disso…” destacou ela.

Fonte: R7