Início » Governo estuda criação de novo imposto.
Notícias

Governo estuda criação de novo imposto.

foto: Portal Agronegócio

Em alguns países este tipo de imposto é usada para multar atividades poluentes e que ajudam para o aquecimento Global. No entanto, se o imposto ‘verde” for criado, outros seriam reduzidos para seja compensado.

O governo está avaliando fazer a proposta para a reforma tributária para que haja a criação deste novo imposto.

Este tipo de imposto, chamado imposto verde ou ambiental são destinados a diminuição da emissão de carbono na atmosfera, ele tem como objetivo minimizar os efeitos do aquecimento global, também auxiliará na redução do desmatamento.

Canado declarou ao G1 que números e desenhos estão em avaliação, ele também explicou que ainda não há um formato definitivo, nos quais serão multados e nem quando será a previsão de inicio desta arrecadação.

Em alguns países são taxados os combustíveis como gasolina, diesel, gás natural, carvão, produção de eletricidade com combustíveis fósseis. Devido sua combustão, que libera gás carbônico, também são inclusos carros e caminhões, fábricas as quais liberam um alto índice de poluentes e entre outros.

Segundo Canado, essa atribuição estaria no âmbito imposto seletivo.

O que fazer com esses impostos?

Segundo estimativas do Banco Mundial, em 2017 e 2018, a maior parte das taxas arrecadas foram destinadas a projetos ambientais  (42%), já 38% foram encaminhado ao orçamento geral das nações, 6% foi usado em cortes em outros departamentos, 11% destinados há despesas com fundo de investimentos, os 3% foram destinados á família e empresas.

Nesta semana, o presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, afirmou em audiência que a ampliação dos produtos taxados, devido o imposto seletivo, incluindo o novo imposto “verde”, poderá gerar uma atribuição menor. O valor final ainda é discutido entre a União, estados e município.

A criação deste novo imposto ( imposto verde) se dá ao aumento de criticas internacionais, internas e sobre as questões politicas do meio ambiente do governo brasileiro.

Fonte: G1