Início » FGTS: Saque no valor de R$ 1.045,00 foi aprovado pela Câmara
Notícias

FGTS: Saque no valor de R$ 1.045,00 foi aprovado pela Câmara

Foto: Portal Roma News

Câmara aprova a MP que liberou o saque do FGTS no valor de R$ 1.045

Uma ótima noticia para os trabalhadores saiu hoje dia (30/07). O relator finalmente aprovou o dispositivo que irá permitir que trabalhadores que tiveram redução salarial ou contrato suspenso, tenham direito de fazer um saque adicional no valor de R$ 1.045,00. O texto agora segue para o Senado.

Na madrugada dessa quinta-feira (30), a câmara dos deputados foi favorável a aprovação da medida provisoria que autoriza a liberação do saque de contas ativas e inativas do FGTS.

A medida foi tomada em razão da pandemia mundial do coronavírus que tem infectando milhões e pessoa através do mundo e já causou milhares de mortes.

Como se trata de uma MP, a aplicação foi imediata, após o governo federal publicar o edital no mês de abril. A MP ainda precisa ser aprovada pelo congresso em um prazo máximo de 120 dias, se não for aprovada entre esse limite de dias perderá a validade.

O prazo para os saques vai até 31 de dezembro, conforme o calendário divulgado pelo governo. Essa media além de ajudar trabalhadores que tiveram as horas de trabalho reduzidas ou contratos cancelado, também é uma forma de ajudar a economia do pais em tempo de pandemia.

Essa MP também extinguiu o Fundo PIS-PASEP em 31 de maio desse ano. Fazendo então que o fundo seja administrado agora pelo FGTS. No entanto, essa mudança não altera em nada os pagamentos anuais do abono salarial.

De acordo com o que dito pelo governo sobre essa medida, o fundo PIS-PASEP ainda tem cerca de R$ 20 bilhões e a transferência do seu patrimônio vai incrementar ainda mais os recurso do FGTS e disponibilizara os saques de R$ 1.045,00.

Ao analisar as emendas da MP que foram apresentadas pelos parlamentares, Hattem rejeitou a proposta que permitia que os trabalhadores fizessem o saque do valor total dos recursos.

O aumento no valor do seque também foi rejeitado, ficando disponível ao trabalhador apenas o saque no valor de R$ 1.045,00.

Fonte: G1