Início » Deputada Federal Flordelis alega ser inocente e diz que irá revelar o real motivo da morte de seu marido.
TV e Famosos

Deputada Federal Flordelis alega ser inocente e diz que irá revelar o real motivo da morte de seu marido.

Foto: Folha Gospel

A pastora e deputada federal, está sendo acusada pelo Ministério Público e pela polícia civil de ser a principal mandante da morte de seu marido e pastor Anderson do Carmo. No entanto, a DHNSGI (Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá) cumpriram os nove mandados de prisão, quatorze de busca e apreensão contra onze envolvidos no assassinato do Pastor. Alguns dos filhos de Flordelis estão presos, entre eles uma neta e um ex-PM.

De todas as pessoas envolvidas no crime, só a deputada Flordelis não está presa por possuir imunidade parlamentar. Porém é questão de tempo para que ela perca os seus privilégios parlamentares e vá para a cadeia junto com os outros envolvidos no homicídio.

Flordelis nesta última sexta-feira, dia 29 de agosto, enviou uma mensagem no grupo de whatsapp para a bancada feminina do Congresso, e disse que era inocente e prometeu que iria revelar que nos últimos dias algo terrível que descobriu sobre seu marido Anderson do Carmo nestes últimos dias que ele estava fazendo, mas ela não estava a par da situação.

Segundo ela a revelação pode esclarecer o verdadeiro motivo da morte de seu marido. Ela também afirma que suas filhas usaram seu aparelho celular para enviar aquela mensagem em seu nome.

Aparentemente sua descoberta irá chocar a todos, e segundo ela ainda vem muita surpresa por aí.

“Eu realmente não sabia que meu marido estava fazendo essas coisas que serão reveladas e provadas nos próximos dias eu realmente não sabia mesmo”  escreveu Flordelis na mensagem enviada no grupo de whatsapp.

A deputada federal alega que esta revelação provará sua inocência, pois segundo Flordelis, ela não sabia o que o pastor Anderson do Carmo estava fazendo. Cinco filhos dela estão presos, e uma de suas netas também, por enquanto ela está sob a imunidade parlamentar.

Fonte: Fuxico Gospel