Início » Depois de várias alianças frustadas, o PSOL do Rio terá coronel da PM como vice.
Política

Depois de várias alianças frustadas, o PSOL do Rio terá coronel da PM como vice.

Foto: Wikipédia

O partido PSOL tentou várias vezes, porém não conseguiu nenhuma aliança inédita com nenhum partido progressista para que concorresse as eleições deste ano no Rio de Janeiro.

Logo após fracassar com a suposta aliança com o partido do PCdoB nos últimos e ter descartado todas as chapas do PT, cogitada no inicio deste ano, a sigla irá anunciar uma chapa “Puro Sangue” em uma convenção virtual, na noite de hoje, 03 de agosto.

Renata Souza deputada estadual, irá encabeçar a chapa, confirmada pré-candidata desde junho deste ano. O coronel da reformado da PM-RJ, irá ser o vice, Ibis Perreira é afiliado do PSOL a dois anos. Ibis comandou a corporação entre novembro de 2014  e janeiro de 2015. Ele é conhecido por lutar pelos direitos humanos e da luta antirracista.

Renata Souza, antes chefe de gabinete da vereadora Marielle Franco, morta a tiros na noite de 14 de março de 2018. Ambas foram criadas no complexo da Maré, conjunto de favelas da zona norte do Rio de Janeiro.

A viúva de Marielle Franco,  Mônica Benício que é candidata a vereadora do PSOL também participará da convenção está noite. Segundo informações de fonte para o UOL, Renata recebeu ligações da deputada Benedita da Silva, do partido PT, a qual ainda estaria disposta a dialogar para a formação para uma coalizão de esquerda.

Porém o partido do PSOL apostava todas suas fichas em uma chapa encabeçada com parceria com o PCdoB. No entanto, se houvesse a coligação, a deputada e enfermeira Rejane e pré-candidata do Rio de Janeiro, seria a vice nesta composição.

” Estamos em um amplo diálogo” disse a pré-candidata Renata Souza.

O partido PSOL também ofereceu  apoio do deputado Marcelo Freixo, o qual foi candidato a prefeitura nos anos de 2012 e 2016. O deputado também poderia apoiar candidatos a vereadores com coalização, no entanto, o PSOL não conseguiu convencer o PCdoB  a firmar aliança.

Fonte: UOL