Início » Conheça a inspiradora história da primeira modelo no mundo com microcefalia
Curiosidades

Conheça a inspiradora história da primeira modelo no mundo com microcefalia

modelo com microcefalia
Foto: UOL

Viviane Lima que foi mãe muito jovem quando tinha apenas 19 anos de idade, teve uma triste notícia quando ficou sabendo que sua filha possuía microcefalia genética. Com isso, Vitória Lago sua filha mais velha nasceu.

E logo após dois anos sua caçula veio ao mundo para alegria de todos, porém uma notícia veio trazer ainda mais dor para essa mãe. A pequena Maria Luiza recebeu o mesmo diagnóstico de sua irmã mais velha.

Ela teve mais uma filha que hoje possui 13 anos, porém ela não nasceu com a doença de suas irmãs. A mãe conta com orgulho como criou suas filhas e sobre ser mãe da primeira modelo do mundo com microcefalia.

A mãe conta que aos seus dezenove anos de idade o médico disse que sua filha não iria sobreviver ou caso ela conseguisse sobreviver ela iria vegetar para sempre. Viviane que hoje possui 40 anos de idade conta que praticamente todos os dias estimulava sua filha, quase que 24 horas por dias.

Ela fazia fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional tudo para aprender estímulos novos e eficientes para aplicar na sua filha. A mãe relata que foi um período difícil, porém que valeu a pena cada esforço e que se precisasse tenho certeza que faria tudo novamente.

Após um ano ela conta que fez uma bateria de exames na bebê e foi diagnosticado que devido aos estímulos frequêntes de sua mãe a bebê começou a apresenter um certo desenvolvimento na parte de trás de seu cérebro.

Com isso a mãe entendeu que sua missão era essa nunca parar e sempre buscar alternativas que poderiam de algum modo trazer melhoras no quadro de sua filha. Viviane conta que comprou 32 pares de sapatos todos com cores diferente e vivas para estimular a criança a andar e toda vez que ela via os sapatos ela queria mexer.

Com quase dois anos de idade ela foi matriculada na escola e sua mãe garantiu que ela não sofresse nenhum tipo de preconceito e que participasse de todas atividades como pintura, dança e das brincadeiras propostas para as crianças da mesma idade.

Sua mãe sempre se doou ao máximo para que ela pudesse ter uma vida normal na medida que podia. Ela deixou seu trabalho e estudos para cuidar das filhas, e todo esse esforço teve um resultado fantástico.

Com 17 anos Ana teve sua primeira experiência como modelo ela fez um ensaio com sua irmã e amou. Foi aí que sua mãe foi orientada que seria possível que ela fosse modelo.

Ela fez um ensaio profissional e foi muito bem, ficou linda com a produção e se sentiu super a vontade e desinibida. Daí para frente ela iniciou sua carreira como a primeira modelo com microcefalia.

Nesse ano de 2020 Ana foi convidada a ser musa de bateria em uma escola de samba de Manaus e foi o orgulho de sua mãe que batalhou tanto para ver ela chegar até onde chegou.

Espero que a história de Viviane e da Ana possa ter inspirado você a sempre lutar pelos seus objetivos e não desistir seja qual for a sua dificuldade.

Fonte: UOL