Início » Cidade de SC aprova lei que proibi cachorro de latir. Donos poderão pagar multa absurda
Notícias

Cidade de SC aprova lei que proibi cachorro de latir. Donos poderão pagar multa absurda

Foto: Matsuda Pet

Uma cidade de Santa Catarina aprovou uma lei que proibi cachorro de latir, e se algum animalzinho for pego latindo o dono terá que desembolsar um valor absurdo para pagar a multa.

Segundo informações essa medida é uma das diversas regras que puniram aqueles que perturbarem o sossego dos moradores da cidade, mas os criadores de cachorro não ficaram nada satisfeitos com essa medida.

Nessa ultima quinta-feira (27/08), uma cidade do interior de Santa Catarina entrou em uma grande polemica ao aprovar uma lei que, punira com multa de até R$ 23 mil reais os donos dos animais que forem pegos latindo pela cidade.

A nova lei foi aprovada pela Câmera Municipal da cidade de Penha em Santa Catarina, e o que mais chamou a atenção é que essa nova lei foi aprovada por imunidade, e promete de agora para frente não só fiscalizar, mas punir os donos dos animais com uma multa.

A lei foi uma proposta pelo vereador Everaldo Dal Posso, e nessa nova não se estabelece limites para os latidos ou de que maneira os donos podem controla-los.

Segundo informações obtidas, alguns vereadora alegaram que só votaram a favor da nova lei porque não leram o documento. A proposta do vereador foi vetada pelo prefeito municipal Aquiles da Costa do MDB que, analisou como absurda a proposta votada aprovada pela câmera.

Após ser vetada pelo prefeito da cidade, a proposta voltou novamente para o plenário da câmera legislativa, onde será novamente debatida na próxima sessão.

Os moradores da cidade reclamaram bastante da proposta, e disseram que esperam que dessa vez os vereadores leiam o documento e que tenham o bom senso de entender que às vezes, e muito difícil impedir os animais de latirem.

A nova lei aprovada na cidade e agora vetada pelo prefeito esta viralizando na internet, e esta deixando os internautas de boca aberta sem entender o porque dessa lei.