Início » Câmera ficou ligada e momento íntimo é revelado no meio da reunião da Câmara
Notícias

Câmera ficou ligada e momento íntimo é revelado no meio da reunião da Câmara

Foto: Correio 24 Horas

O caso aconteceu nesta última sexta-feira dia 14 de Agosto no Rio de Janeiro, em uma audiência pública virtual. A reunião era para tratar sobre a alimentação dos alunos da rede pública nesse momento de pandemia, portanto algo totalmente inesperado aconteceu.

Um estudo estava sendo apresentado quando um casal esqueceu de desligar sua câmera e começou a ter um momento íntimo. Depois que os slides terminaram, as câmeras foram abertas e os internautas puderam ver a cena explícita entre o casal.

Segundo informações passadas pelo Jornal Extra os vereadores que apresentavam o projeto continuaram agindo normalmente, dando seguimento à reunião como se nada estivesse acontecendo. Mas por trás Brizola acionou imediatamente os técnicos que cuidam dessa parte para cortarem a transmissão do quadro.

Os vereadores não tem acesso à essa parte do sistema, e apenas os técnicos responsáveis poderiam agir cortando essa cena tão constrangedora para todos. Em uma declaração Brizola lamentou o fato ocorrido e salientou que a prefeitura da cidade tem recursos para poder resolver essa questão da Educação Pública mas que infelizmente prefere gastar com outras coisas, relatou também que a sessão durou cerca de cinco horas.

O caso acabou ficando mais constrangedor pelo fato da reunião ter sido convocada pela Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente. E com isso a participação de várias mães que relataram suas situações nesse momento tão difícil, onde muitas delas não tem mais o que dar para seus filhos se alimentarem.

O vídeo que estava sendo transmitido ao vivo através do Youtube foi retirado do ar. Uma situação completamente constrangedora e que deve ter deixado todos os envolvidos em uma situação muito complicada.

Compartilhe com todos os seus amigos e familiares para que eles possam comentar sobre esse caso vergonhoso que os vereadores e a população presente na reunião virtual acabaram passando.

Fonte: Correiro 24 horas