Início » Caçada a javali termina de forma trágica no sul de Minas Gerais
Notícias

Caçada a javali termina de forma trágica no sul de Minas Gerais

Caça a javali
Foto: O Eco

Um homem morreu de forma trágica nessa ultima segunda-feira ao se alvejado por um tiro disparado por um amigo, enquanto os dois caçavam um javali na Fazenda Paraíso, em Itanhandu, Minas Gerais.

Segundo a informações o suspeito ligou para a policia e disse que em uma caça a um javali teria feito o disparo que acabou acertando o amigo, pois pensou que o amigo que se mexia no mato era o javali.

O homem ainda tentou socorrer o amigo baleado, mas por estarem em uma mata muito fechada não conseguiu fazer o resgate sozinho, então ele decidiu voltar para a casa da fazenda e ligou para a policia militar.

O homem autor do tiro afirmou para a policia militar que ele é amigo da vitima, Paulo Cesar da Silva de 43 anos, há muito tempo e que eles teriam combinado essa caça há dias, no intuito de matar o javali que estava rondando na área há dias e comendo a lavoura.

Segundo o depoimento do homem que fez o disparo, eles conseguiram encontrar o javali no meio da mata e a vitima então deu um tiro no javali. Neste momento ele então pensou que tinha visto o animal correndo e então disparou na direção do local onde pensou ter visto o javali. Foi nesse momento que ele ouviu o amigo gritar, e quando chegou perto para ver o porquê do grito, ele viu que tinha acertado o amigo.

O autor dos disparos foi preso e levado para a delegacia. A arma da vitima, uma espingarda calibre 28, e a espingarda do autor dos disparos, uma espingarda calibre 32, foram entregues a policia pelo próprio autor dos disparos.

Seguindo informações, os dois amigos tinham licença para caçar e o porte das armas. OS dois também tinham autorização do IBAMA, para caçar os animais. A caça ao javali foi autorizada em 2013 aqui no Brasil, pois o animal é conhecido por ser um especie invasora e devoradora de cultivos e lavouras.