Início » Brasil tem 4 dos 10 meias mais caros da história e Philippe Coutinho encontra-se no topo
Curiosidades Notícias

Brasil tem 4 dos 10 meias mais caros da história e Philippe Coutinho encontra-se no topo

Fonte: https://www.ojilo.com.br/

O Brasil é o país mais vitorioso da história do futebol mundial e o lar do meio-campista mais caro da história do esporte. Pelo menos, este é o resultado de uma pesquisa realizada pela “Transmarkmarkt” (o site profissional do Mercado da Bola). Segundo a plataforma, o brasileiro jogou nas dez maiores transferências da história, quatro das quais envolveram atletas nessa posição.

A classificação mais alta é a pessoa que geralmente veste uma camisa amarela. Philippe Coutinho pode ter se saído mal em Barcelona (hoje ele foi emprestado ao Bayern de Munique), mas seu nome está registrado na história do clube (e no mercado de transferências).

No início de 2018, o Barcelona pagou 160 milhões de euros (quase 950 milhões de reais a preços atuais) para afastar os jogadores do Liverpool. Ele continua sendo o reforço mais caro que a equipe catalã contratou até o momento.

Até agora, este acordo também é o maior de todos os tempos para um meio-campista. O francês Paul Pogba é apenas mais um atleta nessa posição, gastando mais de 100 milhões de euros (593 milhões de reais). No que diz respeito à estrela do Manchester United, o preço exato é de 105 milhões de euros (622,7 milhões de reais).

Foi outro francês que terminou o pódio. O atual treinador do Real Madrid, Zinédine Zidane (Zinédine Zidane), chegou ao clube espanhol em 2001. Na época, a transação custava 77,5 milhões de euros (460 milhões de reais), que era a maior transação da história do mundo.

Além de Coutinho, o Brasil tem mais três nomes no top 10 dos meio-campistas mais caros da história (devido a um empate de quatro, 13 jogadores estão em 13º). Arthur ocupa o sétimo lugar com 72 milhões de euros (427 milhões de reais). Graças à transferência selada, ele passará de Barcelona para a Juventus na próxima temporada. Kaká ficou em nono lugar, com um valor de 97 milhões de euros (397 milhões de reais).

Oscar ocupa o décimo lugar com 60 milhões de euros (355,8 milhões de reais) e décimo. Sua transação na SIPG em Xangai, na China, é a única entre as dez primeiras que não possui um clube europeu como comprador. Além do Brasil, a França sozinha é um dos dez médios mais caros de todos os tempos. O atual campeão mundial da equipe nacional tem três nomes: Pogba, Zidane e Tanguy Ndombélé.

O ranking também inclui representantes da Bélgica (Kevin de Bruyne), Holanda (Frenkie de Jong), Colômbia (James Rodríguez), Espanha (Rodri), Bósnia (Miralem Pjanic) e Guiné (Naby Keita).

Os 10 meias mais caros da história

1 – Philippe Coutinho (Barcelona, 2018) – 160 milhões de euros

2 – Paul Pogba (Manchester United, 2016) – 105 milhões de euros

3 – Zinédine Zidane (Real Madrid, 2001) – 77,5 milhões de euros

4 – Kevin de Bruyne (Manchester City, 2015) – 76 milhões de euros

5 – Frenkie de Jong (Barcelona, 2019) – 75 milhões de euros

6 – James Rodríguez (Real Madrid, 2014) – 75 milhões de euros

7 – Arthur (Juventus, 2020) – 72 milhões de euros

8 – Rodri (Manchester City, 2019) – 70 milhões de euros

9 – Kaká (Real Madrid, 2009) – 67 milhões de euros

10 – Miralem Pjanic (Barcelona, 2020) – 60 milhões de euros

Fonte: Uol

Fonte: Transfermarkt.