Início » Bolsonarista que tiveram perfis suspensos pelo STF, não desistem e apelam para contas alternativas para postar em redes sociais
Notícias

Bolsonarista que tiveram perfis suspensos pelo STF, não desistem e apelam para contas alternativas para postar em redes sociais

Apoiadores de bolsonaro
fonte: UOL

Na última sexta-feira(24), foram suspensas algumas contas do Facebook e twitter, os bolsonaristas são investigados por suposta disseminação de fake news, os mesmos usaram redes sociais alternativas para continuarem postando.

Ao entrar na conta do twitter da filha Cristiane Brasil o ex-deputado Roberto Jeferson ressalta ter entrado para poder agradecer a todos pelo apoio que a ele foi dado.Ele completou dizendo que ” Espero estarmos juntos em breve, e não tememos a tirania de Alexandre.”

Ele também criticou Alexandre de Moraes ministro do STF, por determinar a suspensão de 16 perfis.  Além de Jeferson, os empresários Luciano Hang e Edgard Corona e os blogueiros Allan dos Santos e Bernardo Küster.

O blogueiro Allan dos Santos fez uso de sua conta alternativa no twitter (@allandlsontos). Já o empresário Luciano Hang utilizou sua conta no instagram para deixar claro que não foi objeto de decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal.

Em sua decisão, o ministro fez referência a 12 contas especificas do facebook e 16 do twitter que deveriam ser suspensas. Não há restrições quanto a postagens e eventuais outras contas e redes sociais não são listadas.

16 perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro são investigados por disseminação de fake news, nesta sexta-feira as contas foram suspensas e estão sendo investigadas. O bloqueio das contas foram decretadas pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

Esta  decisão faz parte da investigação do inquérito das Fakes News,  está sendo analisado os ataques feitos a ministros da Corte e disseminação a informações falsas, e tem como relator Moraes.

Veja os titulares das contas suspensas

  • Roberto Jeferson
  • Luciano Hang
  • Otávio Fakhoury
  • Edson Salomão
  • Rodrigo Barbosa Ribeiro
  • Bernardo Küster
  • Allan dos Santos
  • Winston Rodrigues Lima
  • Reynaldo Bianchi Júnior
  • Enzo Leonardo Momenti
  • Marcos Dominguez Bellizia
  • Sara Giromini
  • Eduardo Fabris Portella
  • Marcelo Stachin
  • Rafael Moreno

Os advogados dos titulares a cima  disseram á TV GLOBO que eles recorreram a decisão do STF Alexandre de Moraes.

Em documento assinado Moares pede o bloqueio das contas e com 20m mil de multa ao dia para a empresa que descumprir a ordem.

 

Fonte: G1