Início » Bailarina do Faustão é detida e verdade vem à tona
Notícias

Bailarina do Faustão é detida e verdade vem à tona

Bailarina do faustão é presa
Foto: Istoé

Natacha Horana foi presa na madrugada desta última segunda-feira dia 20 de Julho, ela estava em uma festa onde foi encontrada pela polícia uma certa quantia de maconha e skank. Esse fato ocorreu em Santa Catarina e tem surpreendido muitas pessoas nas redes sociais.

Segundo relatos a bailarina que foi uma das que promoveram a festa junto a alguns amigos desacataram as autoridades policiais e acabaram sendo detidas. A droga encontrada segundo os próprios policiais relataram não seria da bailarina e o verdadeiro dono não teve a identidade revelada pela polícia.

A festa descumpria a ordem por decreto municipal em combate à Covid-19, que foi denunciada pelos vizinhos. A polícia se dirigiu até o local denunciado e se surpreendeu por ser um apartamento de luxo, em relatos foi descrito cerca de trinta pessoas presentes nesta festa de alto padrão.

Muitas especulações giram em torno dessa grande confusão, a bailarina e sua defesa alegam que não desacataram nenhum policial. Porém, a própria prefeitura atesta que realmente aconteceu a agressão contra o policial e inclusive foi registrado por uma câmera.

Vamos aguardar os novos detalhes deste caso e que a verdade possa ser totalmente revelada e que a justiça possa agir fazendo o correto nessa situação. Infelizmente em meio a essa grande pandemia temos visto casos de pessoas públicas que estão desobedecendo as medidas protetivas impostas pelos municípios e isso tem causado grandes confusões.

Isso mostra que ninguém está isento dessas medidas e é de responsabilidade de todos cumprirmos o estabelecido, pois essas medidas são para nossa própria segurança. Com certeza, há muitos casos que ficam no anonimato de pessoas que descumpre as normas e acaba colocando todas ao seu redor em risco.

Se ver alguma aglomeração seja ela qual for o motivo não se intimide em denunciar pois só com responsabilidade poderemos vencer esse terrível momento em que vivemos.

Fonte: UOL