Início » Auxílio Emergencial: Pronunciamento de Bolsonaro revolta a população
Notícias

Auxílio Emergencial: Pronunciamento de Bolsonaro revolta a população

Bolsonaro
Foto: Lidianópolis News

Muito tem se falado nas redes sociais sobre o último pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o Auxílio Emergencial, benefício que tem ajudado muitos brasileiros após a chegada dessa grande pandemia. Muitas pessoas acabaram perdendo seus empregos e ficando sem nenhuma renda, o programa foi criado pelo governo para ajudar essas pessoas e também aqueles que eram autônomos e ficaram impossibilitados de trabalharem.

Prorrogado pela terceira vez o benefício será pago até o fim de 2020, uma grande vitória para toda população que estava muito preocupada de perder esse auxílio que tem ajudado muitas famílias. Segundo relatos do IBGE mais da metade da população foi beneficiada pelo programa seja direta ou indiretamente, porém após o pronunciamento do presidente sobre a prorrogação do auxílio muitas pessoas se revoltaram nas redes sociais por conta do valor.

Muitos usuários do Twitter tem comentado e questionado como sobreviver com 300 reais, relatando que seria impossível manter as contas de uma casa e colocar alimento pra uma família somente com esse valor. Uma campanha tem surgido no Twitter com a hashtag 600 pelo Brasil, em poucas horas já atingiu milhares de tuítes com muitos comentários e compartilhamentos.

Alguns internautas tem postado nas redes sociais fotos de alimentos e seus preços abusivos, mostrando que seria impossível comprar o necessário com esse valor de 300 reais. Com isso as pessoas estão pedindo para que seja mantido esse valor de 600 reais para que possam continuar usando o benefício da mesma forma de antes.

Deixe nos comentários abaixo sua opinião sobre o novo valor do auxílio, é importante lembrar que segundo o Ministério da Economia o valor seria mais baixo ainda e só se chegou nesse valor de 300 reais porque Bolsonaro bateu o pé e não aceitou que o valor fosse menor que isso. Compartilhe com todos os amigos para que eles também possam comentar sobre esse caso que está deixando todos revoltados.

Fonte: Lidianópolis News