Início » Auxílio Emergencial: Programa poderá ser prorrogado pela 2° vez, segundo governo
Notícias

Auxílio Emergencial: Programa poderá ser prorrogado pela 2° vez, segundo governo

Auxilio prorrogado
Foto: JornalContábil

É certo que esta pandemia já durou muito além o que todos imaginavam, e segundos os números em nosso país ela ainda está longe de terminar. Com o alto número de contágio por todo o Brasil, e a taxa de mortalidade pela doença ainda grande o isolamento social durará mais alguns meses.

Com isto a crise financeira instalada no país continuará entre as famílias brasileiras, por conta dessa situação o governo prevê ter que prorrogar o Auxilio Emergencial por mais alguns meses. Os trâmites internos já estão sendo realizados pelo governo federal para poder viabilizar novamente a verba e continuar atendendo as necessidades da nação brasileira de alguma forma.

Essa quantia de 600 reais tem ajudado muitas famílias que por conta do auxílio não tem passado fome. Todos sabemos que este benefício tem feito girar o comércio local e de alguma forma segurado nossa economia que não anda bem das pernas.

Segundo matéria realizada pela Gazeta do Povo, um dos técnicos do Ministério da Economia informou que já está sendo estudado a prorrogação do programa até que um dos programas que o governo quer lançar seja de fato homologado e comece a chegar até a população. Caso isso não aconteça até o fim previsto do Auxílio Emergencial, outra votação será necessária no Congresso.

Talvez prorrogar o Auxílio até o fim deste ano de 2020, garantindo que as famílias brasileiras tenham o mínimo necessário para tentar passar por esse momento terrível que algumas famílias se encontram. Alguns projetos já estão em pauta no governo, porém nenhum deles está aprovado ou com data oficial para chegar a população.

Por esse motivo o Auxílio Emergencial que estava previsto em sua criação para durar três meses e já foi prorrogado por mais dois. Ainda sofra mais uma prorrogação de até Dezembro caso seja necessário.

Compartilhe essa ótima notícia com todos aqueles que tem recebido o benefício e de alguma forma tem estado amparado um pouco por essa grande ajuda do governo.

Fonte: Gazeta do Povo