Início » Auxílio Emergencial novas regras irão restringir número de beneficiários, muitos irão perder a ajuda
Notícias

Auxílio Emergencial novas regras irão restringir número de beneficiários, muitos irão perder a ajuda

Foto: UOL

O que podemos afirmar em meio a toda essa pandemia é que os 600 reais que o governo estava pagando como Auxílio Emergencial, estava ajudando e muito milhares de famílias brasileiras que perderam seu sustento com a crise econômica. Porém, muitas dessas famílias irão perder o benefício com as novas regras impostas pelo governo para o programa.

A medida provisória é para impedir que o governo tenha gastos desnecessários fora do propósito real do programa, quando o auxílio foi idealizado seu principal objetivo era ajudar famílias brasileiras que estivessem de fato passando por necessidades. Porém vimos muitas pessoas que receberam indevidamente e até sem precisar do benefício, a medida é justamente para impedir que essas pessoas continuem recebendo.

São onze grupos de pessoas que perderão o direito de receber o auxílio confira agora mesmo se irá permanecer recebendo ou não esse benefício, o primeiro caso são as pessoas que conseguiram um emprego formal não irão receber mais do programa.

O segundo caso são pessoas que começaram a receber seguro-desempro ou auxílio previdenciário após o início do programa, o terceiro caso é a renda total da família no mês dar mais de três salários. Quarto caso morar no exterior, quinto caso recebeu em 2019 orçamentos tributáveis acima de 28 mil e quinhentos reais.

Sexto caso, possuía em 31 de dezembro de 2019 bens que totalizassem 300 mil reais ou mais, sétimo caso recebeu rendimentos isentos no valor de 40 mil ou mais. Oitavo caso ser dependente no imposto de renda de uma pessoa que se enquadrou nos artigos anteriores, nono caso detento em regime fechado.

Décimo caso possui menos de 18 anos ao menos que seja mãe menor, décimo primeiro caso possua registro de óbito nos registros federais. Esses são os casos das pessoas que não irão receber o auxílio de 300 reais, compartilhe com todos os amigos e familiares para que todos possam ver quem irá receber.

Fonte: G1