Início » Auxílio Emergencial: Benefício pausado? Saiba tudo sobre os pagamentos de seus lotes
Uncategorized

Auxílio Emergencial: Benefício pausado? Saiba tudo sobre os pagamentos de seus lotes

auxilio emergencial
Foto: UOL

É importante esclarecer que os beneficiários que já foram aprovados no primeiro, segundo além do quarto lote poderão realizar saque e transferência de seu dinheiro. Já o pagamento da primeira parcela daqueles que foram aprovados no terceiro lote já acabou no dia 15 de Julho.

Tendo uma pequena pausa nos pagamentos que durou até o dia 18 de Julho, quando foi liberado saque e transferências para a terceira parcela daqueles que foram aprovados ainda no primeiro lote, o segundo lote recebe sua segunda parcela e aqueles aprovados no quarto lote sua primeira e tão esperada parcela. E no dia 20 de Julho foi liberado a quarta parcela para aqueles que são inscritos no programa do Bolsa Família.

Confira no link abaixo o cronograma completo e todas as datas de pagamentos dos próximos lotes, fique atento para não perder nenhum detalhe do programa e poder usufruir do benefício.

https://jc.ne10.uol.com.br/economia/2020/07/amp/11954596-caixa-pausa-pagamento-do-auxilio-emergencial–veja-quando-sera-retomado.html

Espero que este artigo possa ter ajudado de maneira efetiva a entender melhor sobre as datas e os pagamentos do Auxílio Emergencial para que possa receber seu benefício na data prevista pelo governo. Fique atento em nosso portal de notícia que estaremos trazendo o melhor em primeira mão a todos vocês.

É importante colher o maior número de informação possível sobre os programas de auxílio, pois muito tem se falado sobre o assunto e há uma grande expectativa de novos programas serem criados para ajudar todo o povo brasileiro a sair dessa terrível crise causada pela pandemia. Com isso é preciso tomar cuidado com as fake news para não criar esperanças em cima de algo que não existirá.

Pesquise sempre mais de uma fonte confiável e só espere de fato o que for confirmado por grandes portais de notícias ou notas oficiais do governo. Vamos ter fé que esse terrível momento irá passar e iremos voltar a viver normalmente em um futuro bem próximo.

Fonte: UOL