Início » Agnaldo Timóteo fala sobre Roberto Carlos e diz: “Foi imperdoavelmente deselegante comigo”
TV e Famosos

Agnaldo Timóteo fala sobre Roberto Carlos e diz: “Foi imperdoavelmente deselegante comigo”

Foto: Tv Prime

O cantor Agnaldo Timóteo participou do quadro por onde anda?. O quadro é apresentado no programa Domingo Espetacular, transmitindo pela rede RecordTV.

No quadro o cantor respondeu a diversas perguntas polêmicas, feitas pela repórter Fabiana Oliveira. As perguntas tinham como objetivo saber sobre a Saúde e vida do cantor.

Agnaldo Timóteo, hoje aos 83 anos, relembrou da sua carreira musical e do episodio que marcou muito a sua vida, como já mais tinha acontecido. Ele lembrou sobre quando sofreu um AVC e teve um infarto no passado.

Ao relembrar do fato ocorrido ele também afirmou que esta totalmente lucido e totalmente recuperado daquele susto que marcou a sua vida.

O cantor também falou da divulgação de sua morte na época e até deu risada ao falar sobre esse assunto e disse: “Mentira! Publicaram a minha morte só para vender jornais”, contou sobre o ocorrido enquanto dava muitas gargalhadas.

O cantor disse que naquela época o caso dele era bastante grave, e os médicos chegaram ao ponto de avisar a família para que ficassem preparados para o pior. Mas disse que tudo foi só um susto e ele sobreviveu, mesmo com os médicos dando somente 5% de chance.

“Estava morto e médicos deram 5% de chance de vida. Mas eu sobrevivi”.

Agnaldo Timóteo também falou sobre o cantor Roberto Carlos, e disse que o cantor foi deselegante com ele e explicou o porquê estava falando aquilo.

Segundo o cantor Agnaldo Timóteo, o rei Roberto Carlos, tinha sido deselegante por não ter dado a ele a honra de gravar uma musica juntos, sendo que ele gravou diversas musicas do cantor Roberto Carlos.

“Roberto Carlos foi imperdoavelmente deselegante comigo durante a minha carreira. Nunca me deu a honra para gravar uma musica com ele. E eu gravei várias músicas dele”.

Roberto Carlos até o momento, não falou nada sobre a declaração de Agnaldo Timóteo.