Início » Adolescente de 14 anos fere o irmão de 5 anos de forma brutal e deixa população indignada
Notícias

Adolescente de 14 anos fere o irmão de 5 anos de forma brutal e deixa população indignada

Foto: Brasil Acontece

Uma cidade no Amazonas ficou chocada após uma garota de 14 anos colocar fogo no irmão de apenas 5 anos.

O caso aconteceu nessa ultima sexta-feira, na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, e deixou a população extremamente indignada, ao saberem que uma adolescente de 14 anos colocou fogo no irmão de 5 anos.

A criança de 5 anos teve diversas queimaduras pelo corpo, e a parte mais danificada pelo fogo foi o rosto do menino.

A família ficou indignada com a loucura da adolescente e decidiu denuncia-la por lesão corporal. A denuncia foi feita na DEAAI (Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais), que a partir de agora está responsável pelo andamento das investigações e apura todas as informações sobre o caso.

O menino de 5 anos foi socorrido pela irmã mais velha que escutou os gritos do garoto, e após socorrer o irmão decidiu ir até a delegacia e fazer a denuncia.

A jovem de 23 anos ficou indignada com a maldade da irmã, e foi até a delegacia mais próxima. Ao chegar na delegacia foi orientada a ir na DEAAI, pois a agressora é menor de idade e lá eles tomariam as devidas ações conta a adolescente.

Na DEAAI, ela contou tudo que tinha acontecido, e como a garota tinha cometido o ato de maldade, usando o perfume para passar no menino, principalmente no rosto e depois pegou o isqueiro e ateou fogo.

A jovem disse a policia, que após a adolescente de 14 anos atear fogo no menino, ela chegou a questiona-la do por quê ela tinha feito isso, e para surpresa dela a adolescente falou que ela fez porquê quis fazer.

Em entrevista ao G1, a tia da adolescente disse que por enquanto não se tem noticias da sobrinha, e que ela até tentou ir a casa dela para ver como estava tudo, mas a mãe da adolescente não quis recebe-la.

Segundo a policia haverá uma audiência no dia 28/08 onde todos os envolvidos no caso serão ouvidos, e para que as investigações não sejam atrapalhadas a policia preferiu não dar mais informações.