Início » Absurdo: Donos de supermercado elevam o preço dos alimentos; Deputado Cleitinho Azevedo faz graves denuncias.
Notícias

Absurdo: Donos de supermercado elevam o preço dos alimentos; Deputado Cleitinho Azevedo faz graves denuncias.

Foto: Mercado e Consumo

Tudo indica que os donos de supermercado estão querendo tirar bastante proveito da população nesse momento de pandemia que vivemos, os comerciantes chegaram ao ponto de elevar os preços dos alimentos de forma tão absurda que a população já começou a reclamar, e até mesmo autoridades estão de olho nos espertinhos.

O Brasil e o mundo estão vivendo momentos críticos desde que, a pandemia do novo coronavírus chegou, causando a infecção e a norte de varias pessoas ao redor do mundo.

Toda a população mundial se uniram em um grande esforço para combater esse vírus e impedir que mais pessoas percam a vida. Na frente da batalha estão os médicos e profissionais da saúde que vivem um combate diário para que se controle o vírus que a cada dia se espalha, fazendo assim novas vitimas, mas tudo indica que esses comerciantes não estão dando a mínima para ajudar, pelo contrario estão querendo tirar proveito.

O deputado Cleitinho, bastante conhecido por suas fiscalizações e denuncias sobre o que esta errado, fez um vídeo em um determinado supermercado publicou em sua pagina do Facebook, onde ele falava dos presos altos dos alimentos e da cara de pau de alguns supermercados em tentar tirar proveito em cima da população.

No vídeo o deputado estadual Cleitinho reclamava e questionava sobre o que acontece nesse pais, onde alguns querem se sobressair sempre em cima da população. Ele também falou do preço dos alimentos e questionou por qual motivo o preço do arroz esta R$ 25,00 e tem lugares que esta no valor de R$ 39,00, óleo RS 6,00 e até mesmo o leite chegou a valer o valor absurdo de R$ 4,00.

No mês passado um supermercado em Campo Grande (MS), foi denunciado por clientes e o PROCON fiscalizou e notificou o supermercado que estava cobrando R$3,60, mas em alguns minutos passou a cobrar R$ 5,20 por um litro de óleo.

A população esta bastante indignada pelos preços altos dos alimentos, e pede as autoridades entrem com uma providencia sobre o descaso dos supermercados o mais rápido possível.