Início » 4 Fisioculturistas que transformaram um esporte em doença
Curiosidades

4 Fisioculturistas que transformaram um esporte em doença

Foto: Universo Curioso

Sabemos que tudo que fazemos exageradamente em nossa vida mesmo que seja algo bom acaba se tornando um peso e com o tempo começa a prejudicar nossa saúde física e mental, também sabemos que tudo que fazemos ao extremo se torna algo prejudicial ao passar do tempo. Com isso alguns pontos são importante observar quando sentimos que algumas situações estão fugindo do nosso controle seja ela na área profissional, em um relacionamento, um hobbye e até mesmo uma prática esportiva.

Temos que colocar sempre na balança e ver se está havendo um equilíbrio em tudo isso ou se estamos descontrolando em alguma dessas áreas, caso deixe essa balança pender para alguma das áreas de sua vida é hora de rever seus conceitos ou algo pode dar muito errado e arruinar um bom momento de sua história. Um exemplo que vamos ver hoje em nosso artigo são quatro pessoas que amavam um esporte porém por deixar essa balança pender para o lado errado acabaram transformando sua maior paixão em uma verdadeira maldição.

Esses são 4 atletas que praticam fisioculturismo porém sua obsessão pelo corpo perfeito e ideal acabou se tornando em uma verdadeira tragédia.

O primeiro nome de nossa lista é Mike Matarazzo ele se tornou pró em 1991, porém como pró ele não teve tanto sucesso como na época que disputava competições amadoras. Como pró ele nunca venceu uma competição, apesar de ser um dos prós mais queridos e carismáticos nas competições ele disputava em uma época onde os torneios eram muito disputados. Com 38 anos de idade ele teve um problema sério de saúde e quase morreu, foi quando ele abriu os olhos e percebeu que estava acabando com sua vida e decidiu parar sua carreira.

O segundo de nossa lista é Candice Armstrong ela que era garçonete em uma cidadezinha nos Estados Unidos, porém viu no fisioculturismo uma oportunidade de mudar completamente sua vida. Ao apostar todas suas fichas nessa nova carreira ela começou a fazer uso excessivo de esteroides e anabolizantes, o uso foi tão abusivo que ela desenvolveu tanto hormônio masculino que sua voz engrossou, começou a crescer pelos por todo o seu corpo e o mais impressionante ela desenvolveu um órgão masculino de mais de 2 centímetros devido ao inchaço excessivo de seu clítoris.

Terceiro de nossa lista é Rich Pianna ele foi uma das maiores estrelas do fisioculturismo, apesar de sua fama e sucesso no ramo ele morreu aos 46 anos de idade por conta de sua entrega ao esporte. Ele teve grandes problemas com vícios principalmente com ópio segundo sua namorada, foi encontrado morto em seu apartamento por conta de uma overdose. Foram encontrado 20 frascos de esteroides em sua residência após sua morte.

Quarto nome é Dean Wharmby ele era um fisioculturista profissional que possuía um corpo ímpar, desejável por qualquer profissional da área. Porém ele pagou um alto preço para conquistar aquele físico todo, sua dieta era baseada em um consume excessivo de comidas de fast food, além de 7 à 8 latas de energéticos por dia. Com isso ele adquiriu um câncer de fígado, provavelmente causado pela sua alimentação diária nada saudável chegando a consumir cerca de 10 mil calorias por dia e mais o energético.

Fonte: Universo Curioso